O Foto Juarez

O Início

Nascido em 1957 em Pereiro, interior do Ceará, a fome e a seca fez com que se mudasse para Rio de Janeiro, depois para Brasília, em seguida ao norte do Goiás e de volta para Brasília onde passou a estudar, tudo isso até os 6 anos de idade. Tendo até então vivido dando o sangue como lavrador na roça, foi aos dez anos de idade que descobriu outras ferramentas de trabalho além da enxada. Daí em diante fez de tudo um pouco: ajudante geral de serralheiro, cobrador de ônibus, camelô, feirante, vendeu picolé, bolo e pão de queijo na porta de hospital, laranja descascada em portas de firmas e construtoras.

Das Ruas para Fotográfia

E Enfim... São Paulo, aos 21 anos de idade, em 1978, passou a viver na Vila Guilherme, próximo à Santana. Começou a desbravar São Paulo batendo de porta em porta para fotografar e confeccionar álbuns e pôsteres. Logo pegou gosto pela coisa e abraçou eventos. Foram incontáveis os quilômetros de andava a pé por falta de dinheiro para pagar um ônibus. Mudou-se para Perus, onde residiu durante cinco anos e teve o primeiro comércio fixo: Foto Barone.

Nasce o Foto Juarez

Fechou o “Foto Barone” e se mudou para Francisco Morato em 1983 e continuou com o ramo fotográfico de que tanto gostava, fazendo eventos na região de Francisco Morato e mesmo São Paulo. Logo passou a ser o fotógrafo mais conhecido e querido da cidade, um nome que ganhou popularidade e credibilidade, foi então que nasceu o “Foto Juarez”, inicialmente numa ruazinha em frente ao Clube Progresso, em dois anos desceu para o centro com a primeira loja de discos de Francisco Morato: “Foto Juarez – Discos, fitas e instrumentos musicais em geral” em 1987, dois anos depois abriu a primeira filial, ao lado da estação ferroviária: “Palácio dos Discos”, um nome que não teve muito sucesso e voltou ao seu tradicional “Foto Juarez”. Além de ter sido o primeiro comércio da região a vender discos, fitas e instrumentos musicais, foi igualmente o pioneiro na implantação do serviço de Revelação em 1 Hora. “Meu lema no Foto Juarez sempre foi e é até hoje: Padrão de qualidade total na satisfação do cliente. Todos os dias quando eu acordava, orava a Deus agradecendo a oportunidade de viver mais um dia em sua obra servindo à população de Francisco Morato e região da melhor forma possível, o que fiz questão de expressar com o slogan: Sorria Jesus Te Ama.”

O Marketing

O começo não foi fácil, era preciso ousadia para chamar a atenção da clientela. Aviões soltavam panfletos por toda a cidade alarmando a notícia, até hoje há pessoas que comentam a propósito da famosa moto equipada com duas cornetas gigantes que berravam “Foto Juarez” pela cidade toda, além disso, eu entregava cartões de presente pessoalmente nas casas dos meus clientes aniversariantes. “Sempre fui muito criativo nessa parte, admito!” De madrugada, entregava de porta a porta cartas convidando as pessoas a conhecerem a loja. Na época, o telegrama era algo muito “chique”, somente grandes personalidades recebiam telegrama. Daí eu colocava o panfleto dentro de um envelope e carimbava “t e l e g r a m a”, era uma festa só! Eu adorava ficar observando: O camarada saia cedo de casa pra trabalhar, pegava o envelope e, quando lia “t e l e g r a m a”, voltava correndo para acordar a esposa e mostrar a carta!”.

O Juarez na Mídia

O Foto Juarez foi manchete em todo o Brasil quando o Juarez foi convidado a ser um dos palestrantes do congresso da revista mais conceituada do ramo de fotografia no Brasil, a revista Fhox, no ano de 2004. Palestrando para mais de 800 empresários do Brasil e do mundo inteiro sobre suas experiências no varejo do ramo fotográfico brasileiro “Juarez, o Silvio Santos da Fotografia”. Nos anos de glória dos CDs e DVDs, o Juarez foi convidado especial das grandes gravadoras, que proporcionavam coquetéis com personalidades como Zezé de Camargo e Luciano, Ivete Sangalo, Sampa Crew, Frank Aguiar, Martinho da Vila e muitos outros. O povo de Francisco Morato é testemunha de tudo isso. As famosas “Tardes de Autógrafos” no Foto Juarez paravam a cidade. “Eu Trazia grandes nomes da música para que meus clientes também tivessem a oportunidade, que eu tive, de realizar o sonho de tirar uma foto com seus ídolos”.

Hoje

Hoje, mesmo com a queda dos CDs, a tecnologia das fotos digitais em redes sociais, o Foto Juarez continua firme e forte, sendo a tradição e orgulho da cidade. Com uma filial em Franco da Rocha e sede em Francisco Morato, a meta agora é ser uma das maiores lojas de instrumentos musicais com o menor preço do Brasil, um sonho que já está se tornando realidade com a inauguração da nova loja em Francisco Morato. Uma loja moderna e espaçosa de três andares, com palco para shows, estúdio fotográfico profissional, salas de música e uma grande variedade de instrumentos musicais, tudo isso com a qualidade tradicional do Foto Juarez.

RECEBA AS NOVIDADES DA NOSSA LOJA

ASSINE A NOSSA NEWSLETTER

Foto Juarez - Todos os direitos reservados
Proibida reprodução total ou parcial. Preços e estoque sujeito a alterações sem aviso prévio.
Todas as regras e promoções da Loja virtual são válidas somente para a compra online.


- Francisco Morato (Matriz) - Razão Social: Foto Juarez Ltda - ME - CNPJ: 67.389.460/0001-24
- Franco da Rocha - Razão Social: Juarez José Vieira Foto - ME - CNPJ: 02.006.248/0001-95
Desenvolvido por Weebo Digital